HomeCarro

Danos a Terceiros: Proteção para Além de Seu Automóvel

Danos a Terceiros: Proteção para Além de Seu Automóvel
Like Tweet Pin it Share Share Email

Um contrato de seguro automotivo contém muitas informações relativas a cláusulas, regras e direitos. Uma destas informações diz respeito à cobertura que o seu seguro oferece em relação aos danos que você pode causar a outras pessoas em caso de acidentes e outros incidentes inesperados.

A cobertura para riscos de danos a terceiros é especial porque é uma extensão da sua proteção a outras pessoas, já que, numa eventual batida ou num acidente de trânsito, você também pode causar problemas a terceiros.

Existem apólices de seguro que cobrem apenas os terceiros em caso de acidente. Estas apólices são uma opção mais em conta para quem prefere garantir que não precisará pagar nada quando causar algum problema a outras pessoas. Mas em todas as outras apólices, a proteção a terceiros também é garantida mediante o cumprimento de algumas regras.

A regra da cobertura de danos a terceiros

Existe uma premissa importante para que o segurado possa utilizar a cobertura para terceiros de sua apólice: só é possível utilizar a cobertura para terceiros quando o titular do seguro é o culpado pelo acidente ou incidente. Ora, se a cobertura para terceiros serve justamente para que o segurado não tenha que arcar com algo que ele fez de errado, mesmo que sem querer, então nada mais óbvio do que ele só poder usar este benefício quando realmente tiver culpa e precisar pagar alguma indenização ao terceiro.

Esta regra é importante e serve principalmente como uma medida de segurança para que uma outra regra não seja utilizada como meio de lucratividade indevida: a utilização da cobertura para terceiros não exige o pagamento de franquia. Ou seja, ao acionar a cobertura de terceiros de seu seguro, independente do valor da reparação ou do conserto do veículo do terceiro, você não precisará pagar nada.

Quando cabe a utilização do seguro contra terceiros

Num eventual acidente ou incidente em que o titular do seguro foi o culpado, a cobertura de terceiros cobre os seguintes custos:

  1. Reparação do veículo até o valor máximo estipulado no contrato;
  2. Indenizações por danos físicos (neste caso contemplam-se os casos de invalidez ou morte em decorrência do acidente);
  3. Custas médicas ou processuais em caso de o terceiro entrar na justiça para reaver algum outro valor.

É importante ressaltar que, ao contratar o seguro, você deverá ver e saber o valor máximo em todos estes casos. Quando o custo da indenização ultrapassar o valor máximo que consta na apólice, você terá que arcar com a diferença.

O seguro DPVAT

O seguro DPVAT é o seguro obrigatório pago todo ano pelos proprietários de veículos automotores. Ele possui cobertura para terceiros, mas o valore máximo em qualquer caso de acionamento é de apenas R$ 13.500,00, o que pode não significar nada num processo.

Veja mais sobre o seguro DPVAT.

É por este motivo que a contratação de um seguro com cobertura para terceiros é tão importante. Lembre-se: o trânsito não é feito apenas por você. Existem outros “atores” que você não conhece, mas que em alguma situação você pode conhecer e ter que ajudar.

Comentários (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *